Philippe faz os primeiros 10 anos da sua carreira no BNP-Paribas, depois na Société Générale e por último na Exane onde dirige programas informáticos da área financeira. Na Exane, cria “do zero” uma equipa de relevo responsável pela produção informática no âmbito particularmente exigente dos mercados financeiros.
Dotado de uma grande capacidade criativa, Philippe decide então inovar e desenvolve com sucesso uma proposta original através da empresa Missioneo que ele cria por ocasião de uma parceria com a empresa líder de suporte salarial. Depois de vender a Missioneo, expande o seu conhecimento em recrutamento e gestão interina, complementando, ao longo da fase de criação da Beetween em 2007, o desenvolvimento de um software de recrutamento.